terça-feira, 24 de maio de 2016

Fantasia Global

Não é novidade que o jornal O Globo tem postura amplamente desarmamentista, o que há muito vem comprometendo sua isenção ao falar sobre armas, criminalidade e violência. Porém, mesmo para as publicações com postura ideológica definida, há condutas que extrapolam qualquer absurdo, demonstrando um grosseiro e reprovável desapego para com a realidade.

Foi exatamente o que aconteceu com o editorial de opinião veiculado na edição desta terça-feira (24), sob o título "Violência Cresce com Descaso no Controle de Armas". Nele, afirma-se que "no Rio, 86% do armamento em mãos da criminalidade tem origem legal, dado que deve se reproduzir em todo o país". 


Nada, porém, é mais falso. A realidade, flagrantemente deturpada na matéria, é exatamente oposta ao ali registrado. 

O que se apurou na CPI das Armas da ALERJ, em apresentação realizada pela própria Secretaria Estadual de Segurança Pública, comandada pelo também desarmamentista José Mariano Beltrame, foi que 86% das armas apreendidas não tiveram a origem identificada

A farsa global pode ser facilmente constatada ao se assistir ao vídeo da audiência pública da referida CPI, quando houve a apresentação dos dados:


Ter uma linha editorial com viés definido é uma coisa, mentir deslavadamente para seus leitores é outra, completamente diferente. É desonestidade, pura e simples.


* * *

Comente com o Facebook: